Sobre nós

“Preciosas, estáveis e indestrutíveis”.
Assim vejo as marcas, como diamantes. Pedras que só brilham depois de um processo lento e árduo de lapidação.

Há 13 anos, acreditava nos suportes como o único caminho para satisfazer as necessidades das empresas e melhorar o design das marcas. Na altura, as companhias portuguesas apenas se interessavam em modernizar a sua imagem.

No entanto, o trajeto a percorrer para transformar um negócio numa marca que transmitisse a sua história, valores e objetivos, era longo.

Movido pelo espírito empreendedor e o desejo de “desenhar com método” em conjunto com um amigo, arrisquei. Juntos apostamos o nosso talento, esforço e dinheiro.

Alexandre Vilas-Boas, como criativo, e eu, como gestor, demos luz em 2004 a um projeto de gestão de marcas que preza pelo serviço cuidado e personalizado.

Slider

Daí o nome Miligram. Palavra que define na perfeição o método de trabalho: minucioso, miligrama a miligrama; detalhe a detalhe. Na altura, o nosso claim era Building your brand…

Na vanguarda das últimas tendências, arrancamos no Porto com um forte carácter internacional. Fator que nos obrigou a readaptar ao tecido empresarial luso: mais rápido, comercial, taxativo e menos criativo.

Durante os primeiros 8 anos, centramo-nos em potenciar a imagem gráfica e web das empresas até que em 2013 a analogia onde “as marcas são como diamantes” ganha forma. Preciosas, estáveis e indestrutíveis.

Com novos e diferentes desafios, o Alexandre segue outro caminho empresarial. Eu, apercebendo-me da necessidade das empresas em terem uma estratégia de marca abrangente, além dos suportes de comunicação, decidi mudar o rumo.

Mudamo-nos para Espinho, cidade onde nasci e cresci, e alteramos o nosso “modus operandi”, tornando a Miligram numa marca mais pessoal, única e exclusiva. Como os diamantes…

O relacionamento fornecedor-cliente desaparece para dar passo à união de parceiros. Neste processo relacional não existem account manager, sendo eu o próprio a receber os clientes para entender e satisfazer melhor as suas necessidades.

A partir deste momento, as marcas começam a ser tratadas como diamantes. Com instalações numa antiga joalharia, descobrimos, lapidamos e polimos pedras preciosas respeitando um novo leitmotiv: “Real Brands for Real People”.

Transformamos negócios em marcas, seguindo um processo integral que pressupõe descobrir a natureza da marca, lapidar os seus pontos fortes e polir a sua personalidade para brilhar.

Jorge Freitas

DIAMOND BRANDING MODEL

DESCOBRIR

Encontrar diamantes em bruto é o primeiro passo. Estudamos a natureza da marca para conhecer a sua história, missão e valores. Determinamos o valor da sua identidade e selecionamos qual a proposta de valor, a quem a transmitir e como a moldar.

ANALISAR

Da mesma forma que se ordenam e classificam os cristais irregulares depois da extração, fazemos uma prospecção de mercado. Analisamos o seu setor e o comportamento da concorrência para traçar uma estratégia de marca.

LAPIDAR

O que diferencia um diamante de outro, além da pureza e o tamanho, é o corte. Cada um é único e exclusivo. As marcas são iguais. Por isso, modelamos cada uma delas para fazer brilhar as suas habilidades e competências.

POLIR

Reduzimos as rugosidades para melhorar a qualidade da peça. Em função do orçamento, dos prazos e dos objetivos, talhamos o carácter da marca para que tenha personalidade própria. A peça está pronta. A marca deslumbra.

AVALIAR

Cuidamos as marcas como se fossem diamantes. Gerimos e orientamo-las para atingir os objetivos. Limpamos a sujidade dotando-as de capacidade para responder aos desafios do mercado. Marcas ágeis e atentas, sempre na vanguarda.