Potenciar os Meios Digitais

5 Mins

O digital afirmou-se nas nossas rotinas já há alguns anos e ainda bem. Feliz ou infelizmente, graças a este meio de comunicação foi possível dar uma resposta socioeconómica mais ágil, às adversidades com que nos deparamos atualmente.

Em tempos de distanciamento social grande parte do tempo é passado em frente a ecrãs, com uma grande percentagem reservada para a tela de tamanho reduzido que nos acompanha para todo o lado o telemóvel. O volume das compras online no total das compras dos portugueses aumentou desde o início desta pandemia, o que indica também mais tempo passado em lojas e-commerce dos diversos negócios.

Para além de todo o trabalho que as marcas têm vindo a desenvolver a nível logístico, a comunicação digital é também um dos pontos ao qual têm vindo a dar grande atenção. E, em pleno 2020, não podemos falar de comunicação digital sem que venha anexada automaticamente a expressão “criação de conteúdo”. Sendo que, quanto a isto, a nossa posição mantém-se: criar conteúdo relevante!

Não será por estarmos em casa, com mais tempo para pensar e criar, que passaremos a comunicar desenfreadamente sem grandes planos.

A combinação perfeita de quantidade VS qualidade é a indicada, mas está ao alcance de muito poucos e devemos saber reconhecer isso. Crie menos conteúdo com mais qualidade, essa opção só lhe trará benefícios!

Tudo faz parte da estratégia, e neste momento, para vingar num mundo que parece lotado é preciso saber sobressair.

Na Miligram focamo-nos no Brand Journey para demonstrar qual o percurso para aumentar o envolvimento da comunidade ao seu conteúdo, e consequentemente transformá-la em clientes fiéis.

No nosso funil de conversão tudo começa pela Atração.

Para tal precisamos de definir alguns pontos como:

1. O que vendo/sirvo?

2. Para quem?

3. Para onde?

4. A que preço?

Como puderam verificar no primeiro ponto deste plano de ação (Ainda não sabe como explorar o seu mercado e tendências? Leia tudo aqui), é essencial analisar o mercado em que o negócio está inserido. Analisar quem consideramos concorrência e as marcas que um dia ansiamos ser (Benchmark). Como é que elas comunicam? Quem é o público-alvo? Em que locais estão a apostar e qual o preço que praticam?

Depois de responder a estas perguntas conseguirá aplicar as mesmas técnicas ao seu negócio! O próximo passo é descobrir onde é que vamos comunicar e é por vezes aqui que se cometem os maiores erros. Dependendo do público que quer atingir (Não conhece o seu público, nem o que esperam de si? Descubra como o definir aqui), terá que definir qual a plataforma digital ideal para si. Entre Facebook, Instagram, Tik Tok, Pinterest, entre outras, terá que adaptar o seu conteúdo mediante o seu público e as plataformas onde ele está.

E também definir um plano semanal (o futuro é incerto e não é prudente desenvolver um plano mensal ou trimestral nesta altura) de conteúdos de redes sociais. Pense no que quer mostrar na imagem ou vídeo e o que escrever nas descrições. Isto não só o vai ajudar a controlar os conteúdos como também lhe dará mais tempo e liberdade de gestão! Não desvalorize nunca a parte escrita da publicação. É ela que aprimora a publicação e dá o toque personalizado à sua marca, estando sempre em conformidade com o tom de comunicação escolhido para a mesma que deverá seguir a linha do seu propósito.

Se já tem páginas de redes sociais, é essencial analisá-las! A que horas tem mais interações? Quando recebe mais mensagens? É possível obter todas estas informações pelas estatísticas que as plataformas disponibilizam, não complique! Para que lhe seja mais fácil a organização dos conteúdos disponibilizamos um template de planeamento semanal em word e pdf que poderá descarregar a baixo.

Já ouviu falar em humanização das marcas? A Miligram faz questão de falar disto a todos os clientes há mais de 3 anos, e a verdade é que não há melhor altura para pôr esta ideologia em prática. Tal como o jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho disse há pouco tempo “Estamos todos no mesmo barco” e é mesmo isso que as pessoas querem ver.

Pessoas gostam de ver pessoas. Esta é uma regra importante para uma gestão de redes sociais bem sucedida. Dê isso à sua marca. Dê-lhe um rosto, um nome, um sorriso e mensagens de esperança. Torne-a real! Aliado a tudo isso fale do seu projeto e dos seus produtos. Crie um blog, faça diretos e vídeos nas redes sociais. A confiança que isso transmite à sua comunidade é realmente diferenciadora. As pessoas, cada vez mais, querem saber o que compram e a quem compram, não é verdade?

Isso leva-nos à segunda fase do funil: Converter.

O que é que a sua marca tem para oferecer que as concorrentes não tenham? Tem uma estratégia. E é essa estratégia que o vai salvar! Com certeza já ouviu falar em leads. Um estrangeirismo que é, nada mais nada menos, que conversão nos meios digitais – Ou seja, são contactos! São potenciais clientes interessados na sua marca prontos a serem trabalhados. Conquiste o seu público, através de conteúdos de interesse para a sua comunidade, landing pages e anúncios de redes sociais. Assim, de consumidor interessado passamos a um consumidor que se identifica com a marca.

A relação começa a ganhar relevância na fase do funil que chamamos de Cumprir.

Depois de ganharmos estas leads e as convertermos em clientes, não as podemos desperdiçar, temos que trabalhar a relação com o cliente! No digital temos a possibilidade de chegar a muita gente de forma rápida e barata, mas a facilidade com que perdemos os clientes também é maior, daí a necessidade de trabalhar a relação com estas leads.

Tem à sua disposição um número considerável de plataformas que facilitam a gestão de e-mail marketing, de redes sociais ou na criação e apresentação de conteúdo exclusivo para a sua comunidade. Pode também recorrer aos serviços da Miligram e será acompanhado de forma adequada, podendo assim dedicar mais tempo a outras tarefas importantes do seu negócio.

O fim do funil é envolver o cliente na marca e Evoluir a relação criada.

Gerir uma relação com o cliente é fundamental. Atrair novos cliente fica-lhe mais caro do que manter os existentes, sabia? Peça-lhe a opinião, feedback sobre a compra, peça-lhe para partilhar conteúdo e deixe-o ser uma estrela! Antever e surpreender são as peças-chave nesta fase.

O importante é não parar. Aproveite esta fase para fortalecer a sua marca. Dê-lhe personalidade e força. Não a deixe cair no esquecimento e use todos os meios digitais que tem ao seu dispor para o fazer!

Relembramos que continuamos com a iniciativa que oferece uma sessão de consultoria de marca gratuita!

Preencha este formulário e responda ao e-mail que receberá com algumas informações essenciais e entraremos em contacto consigo. Apesar da informação que estamos a fornecer sabemos que brevemente não terá o tempo necessário para se dedicar à criação e gestão da sua marca, por isso fale connosco e colocaremos em prática todos os nossos conhecimentos para elevar o seu negócio!