Digitalize a sua empresa em 5 passos

3 Mins

A transformação digital é mais um desafio de gestão que uma simples implementação tecnológica. Trata-se de uma estratégia para atingir os seus objetivos. 

Existe um erro generalizado entre as empresas que pensam que com desenhar uma página web está tudo resolvido. Mas não! Desenvolver um site pode ser a execução final de uma estratégia, mas o ponto mais importante do processo é entender em que se beneficiará o seu negócio de uma ferramenta digital? Esta transformação faz sentido quando se gera produtividade. Para consegui-la, siga estes 5 passos:

  • 1 – Valor

Primeiro, deve saber qual é a sua cadeia de valor e quais são os seus concorrentes. Feita esta análise, questione-se em que se diferencia no mercado para explorar esse potencial. 

Nesta primeira fase de análise, tem de entender que tecnologias acrescentam valor e quais, pela contrário, eliminam algumas fases da cadeia de valor. Por exemplo, para editar livros já não fazem falta tantos serviços de imprensa porque cada vez mais pessoas preferem ler através de um e-book ou um tablet. Ou seja, tem de observar se existe alguma tecnologia que deixa a sua empresa fora do mercado. 

  • 2 – Clientes

Todos os mercados são suscetíveis de se digitalizar. Mas é preciso fazê-lo em todas as áreas e aspectos do negócio? Muitas empresas que dão o salto para Internet pretendem fazer uso de todas as ferramentas ao mesmo tempo (site, aplicação mobile, loja online, presença em redes sociais…) sem pensar que valor darão aos seus clientes e à sua empresa. 

Pode transformar-se desde duas perspectivas: uma, desenha um site e posiciona-se como marca. Duas, tendo já notoriedade, apenas digitaliza algum dos seus serviços, como por exemplo transformar o seu site numa loja online. Chegado até este ponto, deve analisar a concorrência e, como consequência, se tem espaço no mercado. 

  • 3 – Rentabilidade

Todo este esforço deve estar orientado a melhorar os processos internos, a eficiência, a imagem e a rentabilidade da empresa. Assim, pode propor-se duas linhas de trabalho: digitalizar o processo de vendas para criar novos canais (um e-commerce, por exemplo) ou digitalizar os sistemas de gestão (instalar um programa CRM para conhecer melhor os seus clientes e ter um maior domínio sobre o seu stock). 

É fácil identificar uma empresa de produto com uma loja online. No entanto, é mais difícil estabelecer estar associação com uma que presta serviços. Por isso, é importante vender-se explicando aos seus potenciais consumidores as suas inovações, trabalhos de investigação e toda a sua experiência. 

  • 4 – Processo

A digitalização deve partir desde os órgãos de direção, que são os que devem orientar a empresa na Internet. Primeiro, faça uma análise estratégica para detetar que oportunidades tem o seu negócio desde o ponto de vista digital. Segundo, defina os pontos a seguir para atingi-las. Isto supõe, além de contar com um e-commerce, prestar serviços online, criar e partilhar conteúdos e gerar tráfego para a sua loja online. 

A medição dos resultados é fundamental para avaliar a evolução do negócio. É importante saber quais sais os objetivos digitais da empresa (notoriedade, fidelização do cliente, maior número de vendas…) para analisar se a estratégia online lhe dá retorno. 

  • 5 – Imagem de marca

Os responsáveis das empresas podem aproveitar este processo para renovar a sua imagem de marca. Em muitas ocasiões, os sites têm um design antiquados e desatualizado das tendências atuais. 

Ainda que muitas empresas, sobretudo as familiares, tenham carinho aos seus símbolos tradicionais, este é um bom momento para reinventar-se e melhorar a sua identidade visual. 

A tipografia e os símbolos devem se adaptar a todos os dispositivos. Estas mudanças também se podem publicitar nas redes sociais, onde está a sua maior carteira de clientes.