fbpx

Como começar a investir em anúncios online

O mundo digital é extenso, com muitas marcas e muitos anúncios. É difícil destacarmo-nos e tal envolve esforço e investimento.

O investimento em anúncios online é uma das formas, quase indispensável, de conseguir destacar-se neste mundo online.

Para ter uma noção mais clara de como pode começar a investir em anúncios online, e, por conseguinte, dar um dos passos para destacar a sua marca digitalmente, leia este artigo, e comece ainda hoje.

Porque é que deve investir em anúncios online?

O maior centro comercial do mundo é a Internet. E a grande vantagem da Internet é que não tem horário – está aberta 24h. O que é que isto significa? Que a sua marca estará visível para todas as pessoas, a toda a hora!

As estatísticas estão do lado dos anúncios digitais; não deixe que a sua marca esteja do lado contrário:

  • Estima-se que em 2021 a publicidade online gere 51% de todo o dinheiro gasto em publicidade no mundo;
  • 28% dos utilizadores de internet que descobrem novas marcas, descobrem-nas através de anúncios nas redes sociais;
  • O Facebook reporta que pode ser atingida uma audiência de cerca de 4,8 milhões de utilizadores através dos anúncios do Instagram.

Primeiramente, sabe quem é o público-alvo da sua marca?

Antes de começar qualquer plano de Marketing, deve fazer um estudo de mercado. Isto é, analisar quem é o seu público-alvo e as suas necessidades, quem é a sua concorrência e o que é que ela já está a fazer.

Conhecer o público-alvo e a quem queremos chegar é muito importante. Grande parte das plataformas de publicidade online (como o Facebook ads) dão a possibilidade de escolher idade, sexo, localização, interesses, entre outros fatores relativos ao público para quem queremos lançar certo anúncio. Se não conhecermos o público-alvo podemos desperdiçar dinheiro impactando as pessoas erradas.

Para esclarecer, “público-alvo” é um segmento da sociedade consumidora para quem a sua marca direciona as ações de marketing dos seus produtos ou serviços.

Um exemplo de público-alvo seria: mulheres, entre 18 e 25 anos, residentes em Portugal, estudantes, classe média, apaixonadas por maquilhagem e cosmética.

Assim, o público-alvo definido deverá ir de encontro às pessoas que realmente têm interesse e poder económico para comprar o produto ou serviço que está a vender. Se estiver a vender apartamentos de luxo que rondam os 500 mil euros, o seu público-alvo muito dificilmente poderá incluir pessoas de 20 anos.

Por isso, antes de começar a fazer anúncios online, deve investir tempo para definir a quem quer chegar. Perguntas como “quem vai comprar o meu produto/serviço?”, “quais são os seus problemas e necessidades?”, “qual o benefício do meu produto/serviço para eles?” ou “em que é que eles confiam?” podem ajudar a definir o seu público-alvo.

Os vários tipos de plataformas

Google Ads

Os produtos que aparecem no topo da página de busca do Google quando pesquisa, por exemplo, “garrafa térmica” são resultado do Google Ads. 

Esta plataforma permite atingir consumidores globalmente, posicionar a sua marca e ganhar notoriedade. O Google disponibiliza diferentes tipos de campanhas, que podem aparecer tanto nos resultados das pesquisas quanto em websites parceiros do Google.

Facebook Ads

O Facebook ainda é a rede social mais usada em Portugal. Cerca de 95% dos portugueses são ativos nesta rede social e usam-na para procurar produtos e serviços, o que torna bastante interessante ter anúncios da sua marca a circular na rede.

A empresa também é dona do Instagram, e possibilita que sejam feitos anúncios com todas as ferramentas disponíveis na rede social. Stories, Reels, IGTV e Instagram Feed são essenciais para atingir o target de diversas formas.

Uma das principais vantagens do Facebook Ads é o alto poder de segmentação, onde se pode trabalhar interesses, comportamentos e dados demográficos, como referimos em cima.

Linkedin Ads

Quer realizar negócios de forma eficiente e eficaz? Anuncie a sua empresa para um público com alta propensão de consideração e que procura por serviços e produtos específicos.  O LinkedIn é uma das redes mais caras para realizar anúncios, no entanto, apresenta altas taxas de efetividade.

A segmentação pode ser feita por cargos, região, dados demográficos e/ou empresas específicas, o que faz com que o target seja preciso e efetivo.

Como começar a investir

1. Comece por definir um objetivo

Pergunte-se “O que é que eu quero alcançar com esta campanha?”. Existem vários tipos de objetivos para os anúncios online. Estes objetivos têm de ser delineados de acordo com os objetivos gerais da marca, e variam, claramente, de marca para marca.

O objetivo pode ser:

  • notoriedade: divulgação;
  • alcance: alcançar o número máximo de pessoas possíveis;
  • mensagens: receber mensagens, contactos e interesse (um objetivo que ajuda também a medir engagement do público alcançado);
  • interações: gostos, comentários, partilhas…;
  • conversões: fazer vendas.
2. Defina um orçamento

Definir um orçamento significa fazer um rácio entre o número de pessoas que se pretende atingir, o tipo de objetivo da campanha e o CPC médio que é preciso pagar.

Trata-se de definir quanto dinheiro pode gastar no anúncio e não ultrapassar esse valor. Claro que quanto mais gastar mais vai alcançar. Mas não deixe de investir por não ter um orçamento muito afortunado.

3. Defina o público-alvo da campanha

O público-alvo da campanha é tão importante quanto o público-alvo geral da sua marca. Campanhas diferentes impactam pessoas diferentes, e temos a certeza que prefere não desperdiçar dinheiro ao mostrar um anúncio às pessoas erradas.

Assim, defina um segmento de consumidores (dentro do público-alvo) que será impactado positivamente pelo anúncio online em que está a investir.

4. Monitorize a campanha

Provavelmente o passo mais importante de todos é a monitorização depois de lançar o anúncio. Porquê? Porque, apesar de por vezes considerarmos que fizemos um bom trabalho na definição do público-alvo, o anúncio pode não estar a alcançar os resultados pretendidos.

Nesse caso, é possível alterar o público-alvo durante o decorrer da campanha, para que o objetivo seja alcançado. Aliás, pode ser feita qualquer intervenção durante o decorrer da campanha.

Conclusão

Anúncios online podem ser um tópico simples se estiverem incluídos numa estratégia de Marketing eficiente e que é monitorizada frequentemente. Para alcançar os resultados pretendidos é preciso tempo e dedicação, de forma a evitar a má gestão do investimento.

Se precisar de uma ajuda extra, a Miligram é a escolha certa! Entre em contacto connosco para, juntos, começarmos a investir em anúncios digitais!

Não é tempo perdido, é tempo investido.

Subscreva a newsletter do nosso blog.